Hora de ir às compras!

C

Chegou a hora de aproveitar as promoções que invadem as lojas de decoração no começo de ano. Mas antes de sair atrás daquele sofá ou daquela luminária com preço pela metade, é bom se certificar de que há espaço disponível em casa e do que realmente você precisa, aconselham os especialistas.

Assim, evita-se comprar por impulso uma peça, que, apesar de ser bonita, não combina com o restante da sua decoração. “É preciso ter consciência do tamanho, das cores e da utilidade do objeto, principalmente. Você pode ter várias necessidades para um sofá: se for para ver TV, ele precisa ser confortável para você se jogar; para a sala de estar, prefira os mais ergonômicos”, ensina a designer de interiores Karina Vargas.

O arquiteto Fabio Morozini recomenda fazer uma lista de compras para não se perder em meio a tantas opções. E, claro, analisar com cuidado se o móvel não está riscado ou quebrado, se o tecido não está sujo ou se a luminária funciona.

Como muitos produtos em liquidação são peças de mostruário, as lojas não costumam oferecer a possibilidade de troca. No entanto, os possíveis problemas do produto devem ser informados na hora da compra, alerta a consultora do Procon-SP Selma do Amaral. “O vendedor tem de avisar o consumidor se há algum defeito e onde ele está. Se informaram que a peça estava riscada e, ao chegar em casa, percebe-se que ela não funciona, a pessoa pode reclamar. Afinal, ela tem o mesmo direito de quem compra sem desconto.”

Outra dica de Morozini é investir em peças curingas, como o papel de parede, que, geralmente, não tem defeito – apenas observe se há rolos suficientes no estoque – e em produtos com medida padronizada, caso de mesa lateral, pufe, tapete.

O arquiteto também ensina como renovar a casa toda com peças pontuais pelos cômodos. “No living, dá para trocar o tapete, as almofadas ou o que está sobre a mesa de centro. Na sala de jantar, um lustre cria um superefeito. Para o quarto, invista em um criado-mudo ou mesmo em uma roupa de cama. Na cozinha é mais difícil mexer, mas ainda assim dá para mudar com um novo relógio de parede ou eletrodomésticos coloridos. Enquanto no banheiro, o mais fácil é trocar os acessórios de pia.”

Adepta das liquidações, Marina Felmanas, diretora de Marketing do GabrielOnline (site que reúne as lojas de decoração da Alameda Gabriel Monteiro da Silva), acha que dá para comprar de tudo, “de um enfeite até um sofá”. A arquiteta Ana Cláudia Pastina só recomenda que se comece pelos móveis maiores. “Assim fica mais fácil de visualizar e fazer as combinações.”

Com essas dicas em mãos – e a lista com o que realmente precisa à tiracolo –, agora é só conferir as dicas do Casa, nos próximos posts, com descontos de até 70%, para tirar proveito da temporada de ofertas, que, em algumas lojas, se estende até março.

Amplo roteiro de descontos: Mesmo quem não está disposto a percorrer as lojas de decoração espalhadas pela cidade, não tem do que reclamar da temporada de liquidação: shoppings temáticos de São Paulo também estão com descontos. No Lar Center, a temporada de ofertas vai até 3 de fevereiro. No D&D, o bota-fora começa no dia 17 de janeiro e se estende até 17 de fevereiro. O arquiteto Fabio Morozini sugere ir aos shoppings nos dias chuvosos ou muito quentes e aproveitar os mais amenos para circular pelas lojas de rua. E vale sempre lembrar da recomendação da designer Karina Vargas de ter calma na hora de comprar objetos para casa. “Você não vai trocar de sofá a cada ano, por isso, busque um móvel funcional e de qualidade.”

Ana Paula Garrido – O Estado de S.Paulo
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s